TInformando - links para os meus blogs, YouTub e facebook http://tinformando-meus-blogues.blogspot.com/

domingo, 29 de abril de 2012

Santa Catarina



De: Alberto Nogueira [mailto:nogbronca@gmail.com]
Enviada em: terça-feira, 24 de abril de 2012 08:57
Para: ...
Assunto: Fwd: SC - Vídeo sobre

Que espetáculo de produção.

Parabens catarinenses!!!



Assunto: SC - Vídeo sobre



SANTA CATARINA  para exportação-


 
SANTA CATARINA - BRASIL

LINK DO YOUTUBE


http://www.youtube.com/watch?v=-VV_Ijro1Z0





--
O Bronca

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Em Parnamirim - um lugar especial do RN

Uma praia e restaurante de Parnamirim

Barreira do Inferno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Coordenadas: 5°55’30”S, 35°9’47”O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno Emblema do CLBI País Brasil Corporação Força Aérea Brasileira Subordinação Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial Missão Base de lançamentos de foguetes Sigla CLBI Criação 1965 Aniversários 12 de outubro Comando Comandante e Diretor Coronel Aviador Guilherme Silveira de Medeiros Contato Sede Parnamirim Rio Grande do Norte Endereço Rodovia RN-063 - Km 11 Internet CLBI.cta.br O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), conhecido simplesmente como Barreira do Inferno, é uma base da Força Aérea Brasileira para lançamentos de foguetes. Fundada em 1965, se tornou a primeira base aérea de foguetes da América do Sul.[1] Está localizada na Rota do Sol, no município de Parnamirim, a 12 km de Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Nela se concentram operações de lançamento de foguetes de pequeno e de médio porte. O local foi escolhido pois é próximo do equador magnético; aproveitava o suporte logístico já existente; a região apresenta baixo índice pluviométrico; grande área de impacto representado pelo oceano e condições de ventos predominantemente favoráveis. O centro é aberto a visitação da população e turistas, porém deve-se fazer um agendamento.[2] Em março de 2011, a então presidenta Dilma Rousseff passou o carnaval no hotel de trânsito da base, permanecendo isolada, aproveitando a segurança das instalações.[3][4] A faixa de praia da base, por estar protegida do acesso do público externo, tornou-se uma importante área de reprodução de tartarugas marinhas, sob a supervisão do Projeto Tamar.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Um pouco da Natal antiga - o Forte Estrela

Sempre apaixonante

No Centro de Turismo de Natal

Detalhes do hotel

Na praia à noite

O lixo e prédios paralisados

Para pensar na Terra

Uma praia e lugar maravilhoso - Natal